Entrega em domicílio:
Posts
Comments

“(…)Bota n’água esta madrinha, madrinheiro
Que a tropa vai seguindo enfileirada
Vou na balsa segurando o meu cargueiro
Com as bruacas de paçoca bem socada(…)”
Léo Almeida, “Tropeiros”.

Foto: Juliana Diehl

É época de pinhão, esse fruto da araucária que, apesar ser vista em paisagens do Sul e parte do Sudeste, encontra-se criticamente ameaçada de extinção. Acredita-se que da cobertura original de florestas desse pinheiro, reste apenas 1 % em toda região Sul, substituída por pinheiros canadenses, mais rentáveis para a indústria madereira.

Alimento básico de indígenas desde antes do descobrimento, passou a ser item importante para a sobrevivência de colonizadores portugueses e, depois, de imigrantes italianos e alemães, sendo elemento central da cozinha do Paraná e de Santa Catarina, como ingrediente para uma série de receitas típicas da região, como pães, bolos e broas. Hoje, é complemento de renda de pequenos agricultores, que ainda coletam os cachos de pinhões em regime de extrativismo, mas que rende ainda festivais pelo Sul, sendo o mais conhecido, o de Lajes.

Mas se existe um prato que me chamou a atenção é a paçoca de pinhão. Até há pouco tempo não o conhecia. Foi quando a Ju falou que queria comer essa iguaria e me explicou do que se trata, que era comida de tropeiros que carregavam mercadorias no Sul, tanto dentro da região, quanto para o resto do país. Corremos atrás de receitas, fuçamos a internet. Ela ligou para amigos em Santa Catarina, seu estado de origem. Percebemos que é uma receita de improviso, simples, bem típico da cozinha das tropas que viajavam do Rio Grande do Sul até Sorocaba. Cozinha-se com a carne disponível: frango, suína ou bovina. Seca, defumada ou fresca. Como é comum na região Sul e Sudeste, leva salsinha e cebola.

Foto: Juliana Diehl

Ao fazer sua paçoca, faça com o que tiver na geladeira. Improvise. O nosso, fizemos com toucinho, frango desfiado e carne de porco moída. A tradição pede pinhões moídos no pilão, grande e pesado. No nosso caso, usamos o liquidificador, mas creio que mixer ou processador sejam mais eficientes. Do caldo onde cozinhamos o frango, usamos um pouco para umedecer a paçoca. Ainda assim, tudo muito simples, rápido e simples.

Paçoca de pinhão

Ingredientes
- 200 g de carnes. Use o tiver disponível: carne seca, moída, frango, lingüiças defumadas, etc. Na paçoca da foto, usei 100 gramas de carne de porco moída e 100 de frango desfiado
- 70 g de toucinho defumado ou mesmo barriga de porco fresca, bem picado (opcional).
- 300 g de pinhão cozido e descascado
- ½ cebola média picada
- salsa, a gosto
- sal e pimenta, a gosto
- caldo de frango, porco ou boi (opcional, se quiser uma paçoca mais úmida)

Preparo
- Moa os pinhões no liquidificador (usando a função pulsar), no mixer ou no processador. Se quiser algo mais tradicional, soque no pilão. Não deve ficar muito fino e fica mais gostoso se deixar uns pedaços grandes.
- Se for usar toucinho ou barriga fresca, refogue em uma frigideira grande até ficar crocante, derretendo bem a gordura, se será usada para refogar a paçoca.
- Se não quiser usar toucinho ou barriga, esquente um pouco de óleo vegetal de sua preferência ou manteiga.
- Refogue a cebola e depois acrescente o pinhão moído.
- Deixe refogando na frigideira, mexendo de vez em quando, para ficar tostadinho.
- Acrescente as carnes e continue a refogar, não deixando queimar nada, mexendo na paçoca.
- Se quiser uma paçoca úmida, acrescente um pouco de caldo.
- Acrescente o sal e a pimenta, a gosto.
- Finalize salpicando salsinha por cima de tudo.

IMG_7563-l
Como sou uma draga de carboidratos, muita mandioca cozida no vapor para acompanhar. Foto: Juliana Diehl

One Response to “Estamos quase no fim da época, mas ainda dá tempo: paçoca de pinhão”

  1. Meygan disse:

    Garlic Chicken Stir Fry w/Quinoa, Peppers & Basil1 cup quinoa peerarpd w/chicken stock according to pkg. directions.2 cups chicken broth, low sodium, low fat1 1/2 lbs. boneless, skinless chicken tenders4 tbl. olive oil1 small onion, thin sliced1 red bell peppers, seeded & thin sliced1 yellow pepper, seeded & thin sliced5 garlic cloves thinly sliced20 leaves fresh sweet basil, juliennegrated parmesan cheesesalt & pepper to tasteCut chicken into small slices. Heat large nonstick skillet over high heat & add oil. Add chicken & saute for 5 minutes or until golden brown, push aside. Add onions, peppers and saute for 1 or 2 more minutes, add garlic & saute until pepers are slightly limp, but still bright for 1-2 minutes; season w/ S&P. Add basil & quinoa. Toss until basil wilts, garnish w/cheese. Serves 4

Leave a Reply