Entrega em domicílio:
Posts
Comments

Está prevista para março, a estréia do novo programa de Jamie Oliver, na rede americana ABC. O chef britânico tentará, desta vez, mudar hábitos alimentares de comunidades inteiras e novamente atacará os problemas de má alimentação em escolas, desta vez, nos EUA, sendo que o primeiro alvo é a pequena Huntington, uma cidade onde perto da metade de seus adultos são obesos, um quinto da população com mais de 45 anos tem algum tipo de problema coronário e 12% das pessoas com mais de 18 anos são diabéticas. Do ponto de vista nutricional, esta cidade de 50 mil habitantes é um completo desastre.

A tarefa de Oliver, no entanto, não parece fácil. Resistência da população, que tentam defender um modo de nutrição “tradicional” e problemas de educação alimentar serão alguns dos desafios encontrados pelo chef em West Virginia. Nesse ambiente, ele teve que até ouvir comentários como “nós não queremos ficar o dia inteiro comendo alface”, num tom de evidente ironia e superioridade, algo como “não precisamos que um casaca vermelha venha aqui e diga o que devemos comer”. A essas pessoas Oliver responde com um  ”também temos infelizes bastardos como ele na Inglaterra”.

Mas o que choca realmente é a aparente falta de conhecimentos em relação a educação alimentar. Aqui, crianças não sabem a diferença entre tomates e batatas (ou será apenas porque as palavras “potato” e “tomato” são parecidas?) ou profissionais de educação acham normal batatas fritas serem consideradas legumes (não deixam de ser vegetais, mas não exatamente “fresh veggies”).  Não espanta nesse ambiente, as crianças terem pizzas no café da manhã na escola. Não consegui ver pelo trailer, mas creio que o pais também encaram com naturalidade a dieta nada saudável oferecida para seus filhos.  Sem dúvida um retrato triste da infância das crianças americanas (e um alerta para nós também, uma vez que nossa alimentação ganha cada vez mais contornos parecidos)

Ficou curioso? Eu também. Quero ver como Jamie lida com os problemas de alimentação de uma cidade inteira e, principalmente, como comunidades inteiras reagem a mudanças de hábitos dessa ordem.

One Response to “Food Revolution: o novo programa de Jamie Oliver”

Leave a Reply